Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

EDIMBURGO (Reuters) - Um parlamentar do partido conservador do Reino Unido que também trabalha como árbitro de futebol pretende derrotar um dos principais nomes do Partido Nacional Escocês pró-independência na eleição britânica de 8 de junho.

Douglas Ross, que se divide como árbitro de partidas nacionais e internacionais e parlamentar conservador escocês, disse que foi escolhido para disputar a vaga atualmente ocupada por Angus Robertson, que representa o partido nacionalista no Parlamento de Westminster.

Ross, que atuou como árbitro auxiliar na semifinal da Copa da Escócia entre Rangers e Celtic na semana passada, disse que a eleição antecipada convocada por May não irá abrir caminho para um segundo referendo de independência em seu país, apesar dos vários clamores de Robertson por uma nova votação.

"Esta eleição, embora antes do que muitos esperavam, não altera as balizas para um segundo referendo de independência", afirmou Ross em um artigo publicado no jornal Press & Journal, de Aberdeen.

Ross é do mesmo partido da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, que já disse aos nacionalistas escoceses que não é hora de uma nova consulta sobre uma eventual separação.

O referendo de 23 de junho que decidiu a desfiliação britânica da UE colocou o futuro do Reino Unido em questão porque a Inglaterra e o País de Gales foram a favor do rompimento, mas Escócia e Irlanda do Norte preferiam manter a filiação ao bloco.

(Por Elisabeth O'Leary)

Reuters