Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Karlheinz Weinberger Radical chic: um olhar suíço sobre a geração pós-Guerra

No final dos anos 1950, o fotógrafo suíço Karlheinz Weinberger focou sua câmera na geração pós-guerra da Suíça, de desajustados e jovens rebeldes, cujos heróis eram Elvis e James Dean.

Fazia quase uma década do fim da Segunda Guerra Mundial e os jovens da Suíça estavam insatisfeitos com os valores conservadores dá época. Suas influências vieram da América. Importações na forma de rock'n’roll, jeans, James Dean e Elvis, preencheram o vazio da desilusão, criando uma subcultura e identidades de gangues. Eles agora podiam andar e falar como seus heróis americanos.

Nascido em Zurique, Karlheinz Weinberger (1921-2006) começou a fotografar ainda adolescente e se juntou ao "Bund der Naturfreunde Photography Club" (Clube de Fotografia de Natureza) para melhorar sua técnica. Na década de 1940 ele se juntou ao já conhecido clube gay underground de Zurique, "Der Kreis" (O Círculo), e começou a publicar suas fotos em sua revista sob o pseudônimo de Jim.

Weinberger ficou fascinado com a forma como esta geração estava se rebelando; ele sentia uma afinidade com os marginalizados e queria documentar como elas se vestiam e se comportavam.

"Karlheinz Weinberger ou Ballade von Jim" (Karlheinz Weinberger ou as baladas de Jim), uma exposição de todo o seu trabalho, está sendo exibida no "Photobastei" em Zurique até 23 de dezembro.

Todas as fotos são de Karlheinz Weinberger, cortesia da Galerie Esther Woerdehoff, Paris.