Veado encontrado com seis quilos de plástico no estômago

Um veado morto por guardas florestais em Arosa, no sudeste da Suíça, foi encontrado com seis quilos de resíduos plásticos no estômago.

Os resíduos plásticos encontrados no estômago do veado incluíam luvas, cordas, redes para alimentação de aves, entre outros Amt für Jagd und Fischerei

O animal apresentava um comportamento de risco para a segurança, segundo as autoridades de caça e pesca do cantão dos Grisões. 

O veado deve ter sido atraído para os vilarejos de Arosa e Langwies por pilhas de compostagem, caixas de pássaros e outras fontes de alimento.  

Durante o exame da carcaça, foram encontrados seis quilos de resíduos plásticos, incluindo luvas de plástico, cordas, redes para alimentação de aves, entre outros. As autoridades disseram que alguns desses itens estavam há anos no corpo do animal, que pesava menos do que outros veados da mesma idade. 

Os animais selvagens dos Grisões são conhecidos por atravessar estradas e entrar em vilarejos em busca de alimento assim que cai a primeira neve. Mas isso pode ter consequências fatais, pois eles também podem ingerir plástico e outros resíduos que não podem ser excretados. Além disso, os veados perdem a sua timidez natural e já não fogem dos humanos. 

As autoridades ressaltam que a alimentação ativa e passiva de animais selvagens é proibida por lei no cantão.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo