Navigation

Lucros de ABB caem 76%

Títulos perderam 70% nesse período Keystone Archive

No balanço dos 9 primeiros meses do ano, o grupo suíço-sueco ABB registra alta do faturamento de 4% e queda dos lucros de 76%. A reestruturação continua no grupo que emprega 162 pessoas.

Este conteúdo foi publicado em 24. outubro 2001 - 15:54

ABB considera que as perspectivas para o grupo serão difíceis nos próximos 18 meses. Até porque as condições de mercado continuam desfavoráveis. Mas o grupo manifesta preocupação com competitividade e melhora da produtividade.

Reestruturação acelerada

Plano de enxugamento de ABB, anunciado há 3 meses, prevê supressão 12 mil empregos no mundo. Oito mil pessoas deverão ser demitidos. O plano deve acelerar-se na seqüência do declínio das vendas.

Na Suíça, os cortes devem acontecer simplesmente "jogando com as flutuações naturais", segundo porta-voz de ABB, Thomas Schmid.

Faturamento de $16 bi

Nos 9 primeiros meses de 2001, ABB faturou US$ 16.877 bilhões. Os lucros foram de US$ 289 milhões.

Na bolsa, os títulos de ABB desvalorizaram 70%, desde o início do ano.

swissinfo com agências.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?