Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Mídia comenta fracasso da Suíça e classificação de Portugal

Torcedores decepcionados no estádio Sankt Jakob, na Basiléia.

(Keystone)

Durante dois anos os dirigentes do futebol suíço propagaram a meta de ganhar a Eurocopa no próprio país. Com a derrota de 2 a 1 para a Turquia, nesta quarta-feira, o sonho acabou.

Enquanto isso, Portugal passou às quartas-de-final e deu um passo decisivo para conquistar o título perdido em casa em 2004. A imprensa comenta a eliminação suíça e a classificação portuguesa.

Le Matin, Lausanne
"A Suíça afoga". O maior jornal da Suíça francesa questiona se, em função da forte chuva que transformou o gramado do St-Jakob Park, na Basiléia, num "campo de batalha náutica", o jogo não deveria ter sido suspenso.

Basler Zeitung, Basiléia
"Um final muito amargo". O diário da cidade em que foi disputado o jogo aponta as causas do fracasso da Suíça: "A equipe perdeu para a República Tcheca no jogo de abertura, embora tivesse jogado melhor, e não soube reagir ao empolgante crescimento dos turcos no segundo tempo."

O jornal menciona ainda a contusão do capitão Alexander Frei e a má forma de Tranquillo Barnetta, vice-artilheiro da seleção. "A Euro 2008 não foi um sonho de verão para os suíços e sim um evento rico em chuvas e lágrimas."

Blick, Zurique
"Somos os campeões europeus do azar". O jornal sensacionalista tenta traduzir os sentimentos da torcida suíça durante o jogo: "Festejar [o 1 a 0], sofrer [após o 1 a 1] e chorar [a derrota por 2 a 1]".

24 Heures, Lausanne
"O pior aconteceu. Será que os dirigentes da Associação Suíça de Futebol têm a coragem de reconhecer que erraram quando decidiram, após a Copa 2006, manter Köbi Kuhn como técnico?"

Bund, Berna
"Agora a Suíça tem a oportunidade de se decidir de forma honrada com um bom jogo contra Portugal, no sábado. A partida contra a Turquia, carregada de emoções, foi marcada pelo fair play no gramado e nas arquibancadas.".

Tagesanzeiger, Zurique
"O anfitrião é apenas convidado para a festa. Köbi Kuhn, o técnico mais bem-sucedido da Suíça, merecia uma despedida melhor. O final é amargo principalmente para ele", escreve o diário de Zurique.

Portugal classificado

Die Presse, Áustria
"A primeira co-anfitriã está fora. A Suíça perde no último segundo por 2 a 1 para a Turquia e se despede do torneio. Com isso, haverá uma final entre Turquia e República Tcheca pela classificação. Os tchecos melhoraram em relação ao primeiro jogo, mas fracassaram diante de Cristiano Ronaldo."

Neue Zürcher Zeitung, Zurique
"Portugal classificado graças a Deco e Cristiano Ronaldo. Em Genebra, Deco conduziu Portugal ao sucesso no Grupo A, através de uma vitória de 3 a 1 sobre a República Tcheca. O craque do Barcelona marcou o 1 a 0, preparou o 2 a 1 assinalado por Cristiano Ronaldo bemo como o 3 a 1 de Quaresma.

Spiegel Online, Alemanha
"Segundo jogo, segunda vitória: Portugal classificado para as quartas-de-final. A República Tcheca melhorou muito, mas não conseguiu resistir aos portugueses tecnicamente superiores."

Marca, Espanha
Portugal confirmou sua condição de favorito vencendo a República Tcheca. Conduzido por Deco e com o primeiro gol de Cristiano Ronaldo no torneio, Portugal superou os tchecos num bom segundo tempo e está nas quartas-de-final. E isso como primeiro do Grupo A.

A Bola, Portugal
"Mais um final de tarde de intensas emoções, de risos e choro, de alegria de uns e tristeza de outros, de cor, de festa. O Europeu no seu melhor, com a celebração de Portugal, a primeira selecção a garantir o apuramento para os quartos-de-final; em contraste coma decepção da Suíça, primeira selecção a confirmar que não passará da primeira fase, algo ainda mais doloroso por ser uma das anfitriãs. Depois há os turcos – que festa! – e os checos, ambos com esperanças bem vivas no apuramento. Resolverão entre eles e até podem ir a penalties em plena fase de grupos. O Euro no seu melhor!"

swissinfo, Andreas Keiser / Geraldo Hoffmann

TURQUIA: EURO E COPA

A Turquia classificou-se em segundo lugar no seu grupo para a Euro, atrás da Grécia, atual campeã européia.

Como a Suíça, a Turquia também disputou a Euro 1996 na Inglaterra – ambas as equipes foram eliminadas na primeira fase. Os turcos, porém, classificaram-se para a Eurocopa seguinte na Bélgica e na Holanda.

A Turquia disputou dois Mundiais: o de 1954 na Suíça e o de 2002 no Japão e na Coréia do Sul, quando foi derrotada duas vezes pelo Brasil e ficou em terceiro lugar.

A Suíça participou da Eurocopa em 1996, 2004 e 2008 e não ganhou um jogo sequer na competição.

Aqui termina o infobox

×