Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Maior confiança nos fundos de investimento

27 por cento dos habitantes da Suíça investem um terço da própria fortuna em fundos de investimento, revela sondagem publicada sexta-feira, 7/4, pelo jornal "Le Temps" de Genebra. Em 1999 os fundos de investimento na pequena Suíça totalizavam US$ 262 bi.

Na Suíça, mais de uma pessoa entre quatro manifesta confiança nos fundos de investimento aos quais entrega um terço da própria fortuna. Esses investimentos representavam um montante de 430,3 bilhões de francos, cerca de 262 bilhões de dólares no ano passado. Isso num país de superfície menor que o Estado do Rio de Janeiro.

A sondagem publicada na sexta-feira, 7 de abril, foi encomendada ao Instituto MIS Trend, de Lausanne, pelo jornal "Le Temps" de Genebra e Swissca SA (holdind de bancos cantonais especializados nesses fundos).

O estudo constata que de fato essas "ações do pobre" entram na vida das pessoas. Em 1996, sondagem semelhante verificava que somente 11 por cento dos entrevistados na Suíça tinham efetuado esse tipo de investimento, quer dizer que o aumento em 3 anos foi de mais de 150 por cento.

A sondagem mostra, segundo escreve o "Le Temps" que "os fundos de investimento são excelente maneira de poupar, contribuem para alimentar a economia e se adaptam bem à poupança-aposentadoria".

E 43 por cento dos entrevistados foram capazes de defini-los com precisão, ou seja quase o dobro em relação à sondagem anterior. Os investidores estão conscientes de riscos, mas na maioria esses fundos consideram mais seguros que investimento em ações, obrigações ou no mercado imobiliário.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.