Maioria dos suíços acha que a qualidade de vida vai piorar

Pelas contas, a próxima geração de aposentados da Suíça deve ficar no vermelho. Keystone

Três quartos dos suíços acham que terão que apertar o cinto com a idade.

Este conteúdo foi publicado em 02. setembro 2020 - 13:15
swissinfo.ch/fh

Uma pesquisa publicada na terça-feira pela seguradora Groupe Mutuel e pelo jornal Le Temps constatou que, embora 63% dos entrevistados tenham confiança nos três pilares do sistema previdenciário suíço, 60% consideram que sua cobertura da aposentadoria é inadequada.

O modelo dos três pilares foi consagrado na Constituição Federal em 1972. A tendência demográfica mostra que há cada vez menos pessoas com emprego remunerado para cada vez mais aposentados. No entanto, as mudanças do sistema previdenciário falharam várias vezes nas votações nacionais.

Isto também se reflete na pesquisa. Os entrevistados mostraram-se céticos sobre novas propostas de reforma, com 74% rejeitando uma idade maior para a aposentadoria. Pouco mais da metade se opôs à redução da taxa de conversão para os fundos de pensão.

O que é a taxa de conversão?

O termo taxa de conversão significa a taxa na qual o capital investido é calculado para uma pensão anual - dadas as estatísticas de expectativa de vida e rendimentos de juros esperados sobre o capital (retorno sobre o investimento no mercado de capitais). Se, por exemplo, uma pessoa tem um capital de CHF100.000 em um fundo de pensão, com uma taxa de conversão de 6,8%, essa pessoa recebe uma pensão anual de CHF6.800. As mudanças na taxa de conversão só afetam as pensões futuras.

End of insertion

Por outro lado, 57% exigiam taxas de contribuição uniformes para todas as faixas etárias, 74% queriam ter liberdade para escolher seu fundo de pensão e 61% exigiam mais opções para poder utilizar seu dinheiro do segundo pilar (formado pelos fundos de pensão profissionais) antes da aposentadoria.

A pesquisa foi realizada pelo instituto de pesquisa de opinião M.I.S. Trend com 1.272 pessoas em toda a Suíça em junho.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo