Navigation

Skiplink navigation

Maratonista suíço ganha ouro europeu em Barcelona

Viktor Röthlin comemora a única medalha suíça em Barcelona. Keystone

O atleta suíço Viktor Röthlin, de 35 anos, venceu a medalha de ouro na maratona de 42km195m, no último dia de competição do Campeonato Europeu de Atletismo, neste domingo (1°/8), em Barcelona.

Este conteúdo foi publicado em 01. agosto 2010 - 22:24

A Suíça participou do evento com 22 atletas, a maior delegação desde 1998, e Röthlin ganhou a única medalha para o país. A Rússia liderou o ranking de medalhas.

No dia em que a Suíça comemorava os 719 anos de sua fundação, Röthlin desafiou o calor nas ruas de Barcelona e correu para o pódio, depois de ter ficado dois anos afastado das pistas por causa de graves problemas de saúde.

Ele atacou a partir do 27° km e venceu a corrida em 2h15min31s, com uma vantagem de 2min19s sobre o segundo colocado, o espanhol José Manuel Martinez. A medalha de bronze foi para o russo Dimitri Safronow.

Röthlin é o quarto suíço a sagrar-se campeão europeu de atletismo e o primeiro desde 1986, quando o arremessador de peso Werner Günther triunfou em Stuttgart, na Alemanha.

Para Röthlin, foi o primeiro título internacional, depois de ter sido vice-campeão europeu há quatro anos e ter ficado em terceiro lugar em 2007. Nos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, ele ficou em sexto lugar.

Depois dos Jogos de Pequim, ele teve de parar dois anos devido a graves problemas de saúde (duas embolias pulmonares e uma operação no calcanhar em 2009) e não pôde mais disputar maratonas.

Röthlin, cujo recorde de 2h07min23s estabelecido na Maratona de Tóquio em 2008 ainda não foi batido, mostrou pulmões de aço em Barcelona. Apesar do calor intenso, mostrou muita resistência e superou sua própria expectativa, que era chegar entre os oito primeiros.

"Eu poderia abraçar todo mundo. Depois de tudo o que aconteceu nos últimos tempos, essa vitória é incrível. Estou de volta. Essa sensação é formidável", disse Röthlin depois da corrida.

Única medalha suíça

A Suíça participou do 20° Campeonato Europeu de Atletismo, em Barcelona, em 16 das 47 disciplinas e, com uma medalha de ouro, a de Röthlin, ficou em 16° lugar entre os 50 países participantes

A delegação helvética foi formada por 18 atletas que disputaram competições individuais e o quarteto Mancini, Beyene, Schenkel e Schneeberger, que ficou em quarto lugar na corrida 4x100 m, estabelecendo um novo recorde suíço (38s69).

Dezoito anos depois de ter sediado os Jogos Olímpicos de Verão, Barcelona viveu um Campeonato Europeu de recordes. A cidade investiu 31 milhões de euros na reforma do estádio; o orçamento do evento era de 24 milhões de euros.

Pela primeira vez, todos os 50 países-membros da Associação Europeia de Atletismo participaram com um total de 1370 atletas. O maior contigente veio da Rússia(108 atletas), seguida pela Espanha (98) e Alemanha (73). Vinte e quatro canais de tv e cerca de 3 mil jornalista cobriram os jogos.

A Rússia ficou em primeiro lugar no ranking de medalhas, com 10 de ouro, 6 de prata e 8 de bronze, seguida pela França (8 / 6 / 4), a Grã Bretanha (6 / 7 / 6) e a Alemanha (4 / 6 / 6). A anfitriã Espanha ficou em sexto lugar, com 2 de ouro, 3 de prata e 3 de bronze.

Geraldo Hoffman, swissinfo.ch

O MARATONISTA DE ALPNACH

Atualmente, Viktor Röthlin é o atleta suíço de maior sucesso. Seu recorde nacional de 2h07'23" - estabelecido em fevereiro de 2008 - o transforma no melhor maratonista europeu de todos os tempos nessa prova de fundo (42km195m).

Em 2007, ele conquistou uma medalha de bronze na palpitante final do Campeonato Mundial, realizado em Osaka, Japão.

Um ano antes, ganhara uma medalha de prata no torneio europeu de Götenburg (Suécia), vencido pelo 'medalhista' italiano Stefano Baldini.

Em 2004 tornou-se o primeiro suíço a conseguir o recorde de 2h09'55", superando a marca mágica de 2h10m.

Projetou-se internacionalmente, pela primeira vez, na maratona de Berlim, em 2001, quando se classificou em oitavo lugar, com o tempo de 2h10'54".
Oito dos melhores tempos dos maratonistas suíços foram estabelecidos por Viktor Röthlin.

End of insertion

Quadro de Medalhas

Ranking dos dez primeiros colocados e a Suíça no 20° Campeonato Europeu de Atletismo em Barcelona (medalhas de ouro / prata / bronze)

1. Rússia: 10/6/8
2. França: 8/6/4
3. Grã Bretanha: 6/7/6
4. Alemanha: 4/6/6
5. Turquia: 3/1/0
6. Espanha: 2/3/3
7. Ucrânia: 2/3/1
8. Polônia: 2/2/5
9. Belarus: 2/1/1
10. Croácia: 2/0/0
...
16. Suíça: 1/0/0

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo