Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Martina Hingis "Se tem uma coisa que nunca fui, é chata"

A jogadora de tênis mais bem-sucedida da Suíça se aposentou. Martina Hingis, detentora de 25 troféus de Grand Slam, pendurou a raquete (pela terceira vez). swissinfo.ch mostra um pouco de sua carreira, dentro e fora das quadras.

Martina Hingis batalhou muito em 37 anos. Nascida no que é hoje a Eslováquia (com o nome de Martina Navratilova), ela veio para a Suíça aos sete anos de idade, quando sua mãe se casou com um suíço. Ela já jogava tênis havia cinco anos.

Ela se tornou profissional aos 13 anos, ganhou sua primeira partida do Grand Slam aos 14, venceu a então número 1 mundial Steffi Graf aos 15 anos e ganhou seu primeiro título do Grand Slam - e se tornou a número 1 - aos 16. Martina Hingis ainda detém os recordes da mais jovem vencedora de um título do Grand Slam singles e mais jovem campeã do mundo.

No entanto, apesar do seu sucesso - ela ganhou cinco títulos do Grand Slam em singles, 13 em duplas e sete em duplas mistas - a "suicinha" nunca foi muito popular na Suíça. Está certo que é difícil competir com Roger Federer, mas ser vaiada por sua petulância em uma final do Grand Slam e ser banida por usar cocaína (o que ela nega) raramente é bem visto na carreira.

No entanto, em um extraordinário retorno em duplas em 2013, uma Martina Hingis sempre sorridente parecia realmente gostar de jogar tênis. Isso se traduziu em um sucesso extraordinário, ganhando dez títulos do Grand Slam em duplas ou duplas mistas.

Como ela disse em uma entrevista de 2015, "se tem uma coisa que nunca fui, é chata".

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.