Chuvas fortes atrapalham chegada do verão na Suíça

Fortes chuvas vêm minando a Suíça desde o domingo, provocando evacuações e o fechamento temporário de uma rodovia importante na região central do país. Conexões de trem também foram interrompidas por um deslizamento de terra.

Este conteúdo foi publicado em 11. junho 2019 - 08:18
A capital suíça Berna foi uma das áreas atingidas pelas fortes chuvas Keystone

A Suíça de língua francesa, a região de Berna e Zurique foram particularmente afetadas, obtendo entre 40 e 75 litros de água por metro quadrado, disse a MeteoNews na terça-feira (11).

No cantão de Uri, na região central do país, as persistentes chuvas dos últimos dias no desfiladeiro do São Gotardo fizeram com que o nível do rio Reuss subisse. Como o valor limite de 450 metros cúbicos por segundo foi ultrapassado, a autoestrada A2 foi fechada em ambas as direções entre as cidades de Amsteg e Flüelen, segundo a polícia cantonal. O tráfego foi reaberto às 5 horas da manhã.

Veículos e pessoas na área de serviço da rodovia e no centro de tráfego pesado foram evacuados como medida de precaução.

Conteúdo externo


Na região de Gurtnellen, também no cantão de Uri, um lamaçal atingiu uma estrada, danificando um carro. Nove pessoas foram evacuadas da área, mas nenhum ferimento foi relatado.

Mais ao sul, quedas de rochas foram relatadas em várias estradas do Ticino, na Suíça de língua italiana, e há risco de mais deslizamentos no cantão, de acordo com o Touring Club da Suíça (TCS).

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo