Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Ministra do Interior renuncia

Ruth Dreiffus, 62 anos, está no governo desde 1993.

(Keystone)

A socialista Ruth Dreiffus, no governo desde 1993, anunciou segunda-feira (30/9) que vai deixar o governo no final do ano. Os membros do Executivo Federal não têm mandado fixo na Suíça e saem do governo quando querem.

Sucessão de Dreiffus será decidida pelo Parlamento dia 4 de dezembro. Antes, Partido Socialista vai designar um ou dois candidatos.

A renúncia de um dos 7 ministros que compõem o Executivo Federal na Suíça é sempre um evento político importante, mesmo se eles são eleitos pelo Parlamento e não pelo voto direto.

Mandato não tem prazo

Esses 7 ministros representam os 4 maiores partidos políticos do país: 2 do Partido Socialista, 2 do Partido Radical, 2 do Partido Democrata-Cristão e 1 da União Democrática do Centro.

O Partido Socialista é o único de centro-esquerda. O Partido Radical e a União Democrática do Centro são de direita e o Partido Democrata-Cristão é de centro.

Essa composição existe desde 1959 e é conhecida como "fórmula mágica" porque deu uma estabilidade política ao país, rara até entre os vizinhos europeus. Os 7 ministros não têm mandato fixo e podem ficar no governo o tempo que quiserem.

Geralmente os ministros, indicados pelos partidos para a eleição pelo Parlamento, também são parlamentares. Ruth Dreiffus foi uma excessão porque saiu diretamente do movimento sindical para o governo federal, em 1993, algo único até então.

Sucessor socialista

Outro fato raro é que ela ficou todo esse tempo com o Ministério do Interior, que engloba Saúde, Educação, Cultura e Previdência Social.

A sucessão de Dreiffus será decidida muito provavelmente dia 4 de dezembro. Antes disso, o Partido Socialista vai escolher um ou dois candidatos, provavelmente mulheres, para a eleição pelo Parlamento.

Isso não quer dizer que a provável sucessora também vá ocupar o Ministério do Interior. Geralmente, quando da eleição de um novo ministro ocorre uma redistribuição das pastas do governo federal.

swissinfo/Claudinê Gonçalves

Fatos

Executivo federal tem 7 ministros
Mandatos não têm prazo
Dreiffus foi eleita em 93
Ministros pertecem a 4 partidos
Eleição é pelo Parlamento

Aqui termina o infobox


Links

×