Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Mobilização hesitante contra a fome na Africa

A fome já atingiria 16 milhões de pessoas no nordeste da África, principalmente na Etiópia. A situação pode piorar repetindo-se o drama de 1984-85. Na Suíça considera-se grave a situação, mas ninguém quer se lançar de olhos fechados numa campanha...

Há 15 anos, a mobilização internacional contra a fome que atingiu a Etiópia e o Chifre da África foi muito lenta. A Suíça tirou lição do ocorrido em 1985, encarregando pessoas de informar sobre a situação alimentar na região.

Nos últimos dias, imagens semelhantes às do passado começaram a aparecer nas telas de tv européias. Segundo a ONU há 16 milhões de pessoas ameaçadas de morrer à míngua. O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, estima em 900 mil toneladas a quantidade de alimentos necessários para alimentar os famintos da Etiópia.

A FAO, Organização da ONU para a Alimentação e Agricultura já alertara para a situação em janeiro. O PAM, Programa Alimentar Mundial, conseguiu reunir apenas 10 por cento das 820 mil toneladas de víveres que solicitara aos doadores. A União Européia embarga ajuda por causa da guerra entre Etiópia e Eritréia.

Organizações suíças de ajuda mostram-se prudentes e mesmo hesitantes em ajudar. Além da guerra, constatam a insegurança dos transportes por terra e as dificuldades de meios e de acesso a certas zonas atingidas. No momento procuram informar-se sobre o que se precisa fazer e como fazer. Atitude semelhante é observada pela divisão do governo que se ocupa de cooperação (DDC), estimando que para ser eficaz a ajuda deve ser multilateral.

Em Genebra, a Rede da Felicidade, braço humanitário da Sociedade Suíça de Radiodifusão e Televisão, que arrecada fundos para as principais organizações suíças de ajuda, só vai dizer terça-feira se lança campanha nacional pelas vítimas da seca no nordeste africano.

O problema é que enquanto isso muita gente, em particular crianças, continuam morrendo de fome.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.