Mulher é "milagrosamente" encontrada em uma fenda nas geleiras após dois dias

O Grenzgletscher estendendo-se para a esquerda nesta foto. Keystone / Alessandro Della Bella

Uma russa foi encontrada viva e em bom estado em uma fenda de uma geleira no cantão do Valais na terça-feira, dois dias depois de ter caído enquanto caminhava sozinha sobre o gelo.

Este conteúdo foi publicado em 27. agosto 2020 - 10:01
swissinfo.ch/fh

A mulher, que vive na Alemanha, estava se aventurando através do Grenzgletscher no sul da Suíça no domingo, quando caiu cerca de 10-15 metros na fenda. Como ela estava sozinha, o acidente não foi relatado, nem ela foi dada como desaparecida à polícia.

Na terça-feira, depois de dois dias e duas noites de espera em uma ponte de gelo, ela teve a sorte de ser ouvida por um grupo de alpinistas que passavam por perto e que alertaram os serviços de resgate.

A mulher não teve ferimentos graves, embora estivesse sofrendo de hipotermia leve, com uma temperatura corporal que havia caído para 34ºC.

Segundo a agência de notícias Keystone-SDA, a russa tinha partido caminhar no domingo na geleira de alta altitude usando bermudas e sem o equipamento habitual para tal terreno.

O Grenzgletscher fica no cantão do Valais, entre a estação de esqui de Zermatt e a fronteira italiana. Atinge até 4.000 metros acima do nível do mar. A mulher estava andando não muito longe da cabana alpina Monte-Rosa, que está situada a 2.882 m.

Uma declaração dos serviços de resgate do Air Zermatt disse que eles "nunca nos últimos 20 anos testemunharam um resgate tão milagroso em uma fenda glacial".

Conteúdo externo

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo