Navegação

Menu Skip link

Subsites

Funcionalidade principal

Aviões Pilatus Força Aérea Francesa compra avião de treinamento suíço

Incorporar

O fabricante suíço Pilatus anunciou a venda de 21 aeronaves de treinamento para três clientes diferentes. As transações valem mais de 300 milhões de francos suíços. (SRF/swissinfo.ch)

A Força Aérea Francesa assinou no mês passado um contrato para 17 aviões PC-21 usados para treinar futuros pilotos militares, de acordo com um comunicado divulgado na quarta-feira, 4 de janeiro.

Dois PC-21 também foram vendidos, um para a força aérea da Jordânia e o outro para a empresa inglesa QinetiQ, que opera um centro de treinamento para engenheiros de teste de voo e pilotos de teste.

A Jordânia havia inicialmente encomendado um PC-9, mas reavaliou sua exigência. Uma frota de dez PC-21 fornece a espinha dorsal do futuro esquema de treinamento da Jordânia, indicou a empresa suíça de aeronáutica.

As transações vão garantir os empregos da fábrica na Suíça central, acrescentou a empresa. Em 2015, Pilatus registrou um faturamento de 1.1 bilhão de francos e empregou 1905 pessoas, principalmente em sua fábrica em Stans, situada perto de Lucerna.

Fundada em 1939, Pilatus Aircraft é a única empresa suíça a desenvolver, produzir e comercializar aeronaves para clientes em todo o mundo.

Organizações não governamentais levantaram acusações de que algumas aeronaves Pilatus teriam sido armadas após a entrega aos clientes e usadas para missões de combate.

 

swissinfo.ch/fh