Navigation

Casas vazias

Residências secundárias na estação alpina de Saint-Moritz.

Este conteúdo foi publicado em 22. março 2012 - 11:33

Em algumas regiões turísticas, as residências secundárias provocam discórdia. Ao contrários de um hotel, as residências de férias ficam vazias a maior parte do ano. Isso significa que os turistas gastam menos no comércio local, mas os municípios têm de assumir o custo elevado para manter a infraestrutura. No domingo, 11 de março, os suíços votaram pela limitação das residências secundárias no país. A famosa estão alpina de Saint-Moritz e outras no vale da Engadina (leste) têm suas próprias soluções. (Michele Andina, swissinfo.ch)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?