Navigation

A manutenção de um relógio secular

O Zytglogge é um dos principais pontos turísticos da capital suíça. O relógio astronômico de Berna funciona desde 1530, mas agora algumas peças tiveram que ser retiradas para reparos.

Este conteúdo foi publicado em 09. março 2018 - 14:07

Uma grande multidão de turistas costuma ficar plantada à espera do relógio dar a hora no centro histórico da cidade. A gigantesca engrenagem é uma das principais atrações da cidade velha de Berna, patrimônio mundial da UNESCO. Cada hora em ponto é acompanhada com o movimento de vários personagens como um bufão, um galo e, claro, os ursos, símbolo da cidade e do cantão.

No interior da torre do relógio, um sistema complexo de engrenagens, rodas, alavancas e botões se juntam para manter o relógio no tempo. O ritmo é dado por um pêndulo gigante.

As peças intrincadas precisam ser mantidas em excelente funcionamento para funcionar corretamente, por isso a fachada do relógio e vários personagens foram removidos para serem limpos e reparados. Eles devem retornar em junho de 2018.

O telhado e a fachada da torre serão renovados e o instrumento para medir a altitude - o astrolábio - também será limpo. O Zytglogge permanecerá coberto de andaimes durante esse período.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.