Navigation

Skiplink navigation

Quando consumir é um ato político

Muitos dizem que os jovens não se interessam pela política. Sua participação nos plebiscitos na Suíça é geralmente muito baixa. Porém eles são melhores no consumo. Uma forma de levá-los a refletir sobre questões políticas seria tratar com eles das condições de produção nos países de ondem vêm os produtos. 

Este conteúdo foi publicado em 08. dezembro 2017 - 13:45

Produtos orgânicos ou de comércio sustentável estão na moda. Sua oferta é cada vez maior nos supermercados do país. Porém não é possível decifrar nos números de venda as razões porque os consumidores os escolhem. Somente quando a decisão é baseada em critérios políticos, é que podemos falar em participação política.  

Consumo político é a área de pesquisa de Birte Gundelach. Ela desenvolve atualmente novos métodos no Centro para Democracia em Aarau para descobrir porque os consumidores escolhem os produtos com selos éticos. 

No Laboratório da Democracia, nossa série de vídeo no dossiê #DearDemocracy, jovens pesquisadores revelam o que descobriram sobre a democracia.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo