Navigation

Maconha é cada vez mais plantada na Suíça

O cultivo do cânhamo em espaços fechados vem aumentando na Suíça. Muitas plantações são geridas de forma profissional. (SRF/swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 14. abril 2015 - 11:00

A maconha é a droga ilegal mais consumida na Suíça. Em um relatório da UNICEF sobre o bem-estar dos menores de 2013, a Suíça foi classificada como tendo a segunda maior taxa de consumo da erva. Quase 25% dos menores com idade entre 11, 13 e 15 anos relataram ter usado maconha.

O uso da droga foi descriminalizado efetivamente em outubro de 2013. Qualquer pessoa pega com menos de 10 gramas de cannabis deve pagar uma multa simbólica de 100 francos suíços (105 dólares).

O cultivo, comércio e consumo de grandes volumes de maconha com mais de 1% de tetrahidrocanabinol (THC) são considerados um delito penal. Apesar disso, a Polícia Federal suíça estima que 75% da cannabis fumada na Suíça é produzida no país.

Isso se reflete no fato de que o número e o tamanho das plantações de maconha de interior estão em ascensão. Em 2014, cerca de 3 mil foram descobertas pela polícia federal. Destas, cerca de mil eram empresas muito bem organizadas com mais de 100 plantas e equipamento profissional.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.