Navigation

Caçadores de pássaros migrantes

A marcação individual dos pássaros migrantes com o anel é um dos métodos mais eficazes para estudar e preservar esses animais. Introduzida na Dinamarca em 1889, a técnica se espalhou a todas as regiões do mundo. A estação suíça do Colo do Bretolet, na fronteira entre o cantão do Valais e a Haute-Savoie (França), é especializada na observação de migrações de outono.
(Luigi Jorio et Rolf Amiet, swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 19. setembro 2013 - 11:00

Na Suíça, 230 ornitólogos capturam, marcam e soltam os pássaros. O trabalho deles é coordenado pela Estação Ornitológica de Sempach.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.