Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Oriente Médio Saída do Egito

No Egito os protestos e violências continuam. O setor do turismo está quase arruinado. A suíça Daniela Suter e seu marido egípcio Nasser Amin Gadawy abandonaram com seus dois filhos o deserto do Sinai. No vilarejo de Löhningen, no cantão de Schaffhausen, eles tentam começar uma nova vida.

A saída da família do Egito não é, porém, um retorno de Daniela Suter à sua antiga pátria, na qual ela ainda precisa se reencontrar. Quando alguém como ela decide, nove anos atrás, fundar uma família em um lugar como Dahab, no Egito, obrigatoriamente ela acaba o tendo como o novo lar. Nada é fácil, então, se é necessário abandonar a casa, tendo consciência de que não vai reencontrar muitos dos amigos.

Já as crianças não tiveram problemas para fazer novos amigos. Daniela também já tem um trabalho. Seu marido Nasser, por outro lado, não perde a motivação de aprender alemão e conseguir, o mais rápido possível, um emprego. Ele conhece a Suíça de outras viagens, mas precisará ainda de um tempo para se integrar à vida no vilarejo de Löhningen. (swissinfo/Fotos e texto © Fabian Stamm)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Destaque