Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Religião Ex-policial vira eremita em Solothurn

Um ex-policial começou seu novo emprego como eremita em um desfiladeiro perto da cidade suíça de Solothurn. (SRF/swissinfo.ch)

Michael Daum é alemão, divorciado e pai de quatro filhos. Daum saiu da polícia em 1984 para estudar teologia e meditação. Ele agora vai viver, sem pagar aluguel, na solidão, na idílica Garganta Verena, mas também deve orientar os turistas. Ele receberá cerca de 2000 dólares por mês para o trabalho.

Os deveres de Daum incluem manter o desfiladeiro e suas capelas limpas, e ajudar em eventos como casamentos e batismos, além de aconselhar os turistas.

O posto de eremita foi criado no século XV em homenagem a Santa Verena, que viveu reclusa em uma caverna da região. Algumas pessoas acreditam que a Garganta Verena tem poderes místicos relacionados a sua geografia.

A última eremita, Irmã Benedicta, desistiu depois de apenas dois anos no cargo. Ela recebeu ameaças de morte e entrou em confronto com as autoridades de Solothurn sobre o papel do eremitério.

Seu antecessor deixou o cargo depois de reclamar do número de turistas que visitam o eremitério e a capela. Era importante para as autoridades de Solothurn que o novo eremita fosse sociável o suficiente para se dar bem com os turistas e os moradores locais.