Navigation

A construção reciclável do futuro

Quando uma casa é demolida, grande parte do entulho é descartado. Nos Laboratórios Suíços para Ciência e Tecnologia de Materiais (EMPA), está em andamento um experimento para construir um prédio novo usando resíduos de construção. (SRF, swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 07. fevereiro 2019 - 15:00
swissinfo.ch

A arquiteta suíça, Barbara Buser, está rastreando os resíduos de construção que deseja reutilizar em um novo prédio em Winterthur. Seu empregador, uma empresa de arquitetura chamada in situLink externo, está colhendo elementos de construção recicláveis em toda a Suíça.

Especialistas estimam que cerca de 75 mil toneladas de peças reutilizáveis estarão disponíveis na Suíça todos os anos. No entanto, apenas cerca de 10% delas são reutilizadas.

A EMPALink externo está atualmente trabalhando em um projeto de Mineração e Reciclagem Urbana para extrair materiais de um prédio no final de seu ciclo de vida de forma eficiente e econômica e reutilizá-los. Para este propósito, a EMPA construiu um apartamento de teste, usando entulho mineral para uma parede de tijolos e componentes isolantes feitos de cogumelos.

Enrico Marchesi, gerente de inovação da EMPA, vê a mineração urbana como o futuro da indústria da construção. "Não temos escolha", diz. “Nossos recursos estão diminuindo. Alguns materiais não duram para sempre".

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.