Navigation

Clássico dos quadrinhos festeja seus 90 anos

Tintim, um dos personagens de quadrinhos mais conhecidos do mundo, completa hoje 90 anos de idade. Foi de fato em 10 de janeiro de 1929 que a primeira aventura do famoso repórter belga foi publicada na imprensa. A relação do personagem e de Hergé, o seu autor, com a Suíça era bastante próxima.

Este conteúdo foi publicado em 10. janeiro 2019 - 15:29

As primeiras aventuras de Tintim - "Tintin no país dos Soviets" - foram publicadas em 10 de janeiro de 1929 no Le Petit Vingtième, o suplemento juvenil do jornal belga Le Vingtième Siècle. Seguiram-se outras 23 histórias que alcançaram sucesso mundial. No total, mais de 250 milhões de álbuns foram traduzidos para mais de 100 idiomas e dialetos foram vendidos.

As ligações entre a Suíça e Tintim começam com o semanário católico L'écho Illustré, da Suíça francófona, que foi um dos primeiros veículos fora da Bélgica a publicar as aventuras de Tintim, já em 1932. O criador de Tintim, Hergé (1907-1983), era um visitante frequente na Suíça. Ele possuía inclusive uma propriedade no resort de Villars, em Valdenses.

Para seus álbuns, Hergé inspirou-se no famoso cientista suíço Auguste Piccard para um de seus principais personagens, o professor Girassol. Um dos álbuns - "O Caso Girassol" - se passa em parte na Suíça, às margens do Lago de Genebra.

(RTS / swissinfo.ch)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.