Navigation

De homem para mulher

A urbanista suíça Nina Stieger é, hoje, oficialmente mulher, pois recentemente modificou sua identidade no cartório de registro civil. Era um sonho acariciado durante 54 anos através de um longo processo, não isento de experiências discriminatórias.

Este conteúdo foi publicado em 23. janeiro 2013 - 11:00

A denominação transgênero define a identidade de pessoas que não se reconhecem em si mesmas, parcial ou totalmente, com o gênero em que foram designadas ao nascer com base em seus órgãos genitais. Muitas dessas pessoas na Suíça, cedo ou tarde, tomam a decisão de igualar seu físico ao do gênero com o qual se identificam, com ajuda de hormônios e intervenções cirúrgicas.
Nina Stieger colabora na Associação Transgender Network Switzerland‘ (Rede Suíça Transgênero) para melhorar a situação social e jurídica daqueles que, como ela, vivem com o desejo de poder mostrar livremente sua identidade.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.