Navigation

Gênio tímido

(SRF 10 vor 10, swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 27. maio 2014 - 13:33

A Fundação Beyeler, em Basileia, está acolhendo a maior exposição dedicada ao artista Gerhard Richter já realizada na Suíça. O tímido alemão é descrito como um dos artistas mais importantes do nosso tempo.

Richter nasceu em Dresden e cresceu na Alemanha Oriental comunista. Ele começou a pintar em 1962 e se tornou um dos pioneiros da Nova Pintura Europeia que surgiu na segunda metade do século XX. Seu trabalho é extremamente variado e inclui pinturas abstratas e figurativas, bem como fotografias.

Em 2012, seu quadro “Abstraktes Bild” alcançou um preço recorde para um artista ainda vivo, sendo leiloado por 34 milhões de dólares. Recorde batido em 2013 com outra obra de sua autoria de 1968,” Domplatz Mailand”, vendida por 37,1 milhões de dólares em Nova York.

A exposição de Basileia reúne, pela primeira vez, obras criadas em séries, ciclos e salas de todos os períodos da carreira de Richter e inclui retratos figurativos, naturezas-mortas, paisagens e pinturas abstratas, transmitindo uma visão abrangente da obra de Richter.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.