Navigation

Nestlé vai patrocinar ciclismo

Cerca de US 3,5 milhões por ano serão investidos no patrocício Keystone

Apesar de todos os escândalos de "doping" no ciclismo profissional nos últimos anos, a multinacional decidiu patrocinar a Volta da França, a mais prestigiosa de todas as provas.

Este conteúdo foi publicado em 11. maio 2001 - 16:59

A Nestlé será um dos quatro grandes patrocinadores da Volta da França. A marca Nestlé não vai aparecer mas a da água mineral Aquarel, lançada no ano passado simultaneamente na Alemanha, Bélgica, Espanha e França, países onde o ciclismo é muito popular.

Apesar dos grandes escândalos de "doping" nos últimos anos, iniciados justamente na Volta da França 98, a decisão da Nestlé demonstra que a prova continua sendo uma ótima vitrina para divulgar seu novo produto.

Em Vevey, oeste da Suíça, a Nestlé não divulgou o montante exato do contrato mas o diretor de marketing, Jeff Caso, deu a entender que seria de 4 a 4,5 milhões de euros (US 3,5 milhões) por ano.

A Volta da França é o maior espetáculo gratuito do mundo, em termos de público. Cerca de 15 milhões de pessoas vão ver a corrida este ano na beira das estradas e prova será transmitida pela tv para 2 milhões de telespectadores.

A multinacional suíça se diz satisfeita pelas medidas de luta contra o "doping" aprovadas pela União Ciclista Internacional, pela Federação fracesa de Ciclismo e pelo Ministério francês da Juventude e Esportes.

swissinfo com agências

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?