Estações de esqui na Suíça podem garantir Natal com neve?

Acordar no dia do Natal e olhar pela janela a camada branca de neve fresca cobrindo os campos. Podemos confiar nos Alpes suíços para concretizar esse ideal?

Este conteúdo foi publicado em 24. dezembro 2016 - 15:00
Um dia de esqui com os campos cobertos de neve fresca: uma imagem cada vez mais rara, especialmente nas regiões mais baixas da Suíça. Keystone

Pegamos quatro conhecidas estações de esqui na Suíça como exemplo. Duas delas estão localizadas a 1.600 metros acima do nível do mar: Adelboden e Engelberg. E duas estão acima dessa marca: Arosa e Zermatt. Nós avaliamos quanto de neve essas localidades tiveram desde o Natal de 1960. Nos últimos cinquenta anos não houve um decréscimo marcante dos Natais "brancos" nessas estações de esqui. Em todo caso, verifica-se uma queda na quantidade de neve.

Conteúdo externo

Essa é uma tendência observada pela ciência. O Instituto de Pesquisas da Neve e Avalanches da Universidade de Neuchâtel publicou em setembro os resultados de uma pesquisa utilizando 11 equipamentos de monitoramento da MétéoSuisse, o serviço meteorológico do país, em funcionamento em diferentes regiões alpinas. Eles analisaram dados de 1970 até 2015.

A pesquisa não só constatou que a profundidade máxima de neve anual diminuiu em média 25%, mas também que a época de neve dura menos. Eles descobriram que a cobertura de neve vem no final do outono com um atraso médio de 12 dias e derrete cerca de 25 dias antes na primavera do que em 1970. Isso significa que a duração da cobertura de neve diminui duas vezes mais rápido na primavera como no outono.

Mudanças em quanto tempo a neve dura foram encontradas em todas as altitudes, embora seja mais aparente para as pessoas a baixas altitudes.

Muitos se preocupam com a falta de neve no período de festas. Um relatório meteorológico de de 1911, fornecido pelo MétéoSuisse, declara: "Um verdadeiro frio no inverno e a neve tornaram-se quase desconhecidos no Natal dos últimos anos. Os poemas de Natal que falam do frio, neve ou gelo não correspondem mais à realidade." 

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo