Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Novo presidente dos Verdes é da ala esquerda

Ueli Leuenberger, novo presidente dos Verdes.

(Keystone)

Ueli Leuenberger, novo presidente do Partido Verde da Suíça, quer manter o crescimento do partido, insistindo nos seus temas prediletos: a defesa da natureza e a justiça social.

A eleição da presidência do partido, na assembléia dos delegados neste sábado (25/04), não teve surpresas. Desde fevereiro, a direção dos Verdes havia decidido apresentar um candidato único: o deputado federal Ueli Leuenberger.

Ele já era vice-presidente e assume agora a presidência. Não haverá mais vice-presidentes porque Ueli Leuenberger prefere ser o único piloto a bordo do navio verde.

swissinfo: Por que o senhor não quer dividir a presidência?

Ueli Leuenberger: Durante os 25 anos de sua existência, o partido só funcionou dois anos com dois co-presidentes, a dupla Patrice Mugny-Ruth Genner. A própria Ruth Genner considerou que não foi uma experiência muito boa.

É muito difícil dirigir uma organização nacional dessa maneira. Aliás, não existe um partido importante na Suíça com sistema de co-presidência

A proteção do meio ambiente é um assunto que interessa o grande o grande público. O senhor acha que isso permitirá os verdes ir além dos 10% obtidos nas eleições de outubro do ano passado?

U. L.: Muita gente fala de ecologia, mas trata-se agora de fazer projetos precisos, e isso é mais difícil. Portanto, há muito o que fazer. As enquetes demonstram que a maioria da população acha que os Verdes têm um papel importante a desempenhar nessa área.

Como presidente, quero fazer com que o partido cresça em todos os níveis: nas comunas, nos cantões (estados) e, dentro de quatro anos, nas eleições parlamentares federais.

Há um outro partido que fala de ecologia e que cresce: o Ecologia Liberal. Como o vê a relação com esse partido de direita?

U.L.: Poderemos certamente formar alianças com os verdes liberais nas questões de meio ambiente.

Infelizmente, eles não apóiam as teses do desenvolvimento sustentado, que tem três eixos: o meio ambiente, a área social e a economia.

Um desenvolvimento o mais harmonioso possível de nossa sociedade só pode existir através do desenvolvimento sustentável. Ora, constatamos que os verdes liberais têm freqüentemente uma visão muito diferente da nossa nas questões sociais.

Em outras palavras, vocês continuam decididamente à esquerda...

U.L.: Somos um partido decididamente verde e isso significa que devemos defender ao mesmo tempo o meio ambiente e os seres humanos. Para fazer isso, nos situamos tradicionalmente à esquerda no espectro político suíço.

Além da ecologia, quais são os grandes eixos dessa política?

U.L.: Ao contrário do que se dizia dos Verdes alguns anos atrás, não somos um partido monotemático. Quem consulta nosso programa sabe que tomamos posições sobre o conjunto dos problemas de nosso país e do planeta.

Para nós está claro que o meio ambiente, a coesão social e a coesão nacional são temas muito importantes. Quando falamos de coesão social, é claro que se trata da seguridade social. A coesão nacional significa lutar contra a exclusão, o racismo ou a marginalização das regiões periféricas.

Há muito a fazer para que nosso país multicultural e multilíngüe não se desintegre pouco a pouco...

swissinfo, Olivier Pauchard

Ueli Leuenberger

Ueli Leuenberger nasceu a 26 de março de 1952 no cantão de Berna.

Depois de ter exercido vários ofícios (mensageiro de hotel, cozinheiro etc), ele formou-se como assistente social.

Exerceu então vários cargos de responsabilidade na área social. Em 1996, criou a Universidade Popular Albanesa, que dirigiu até 2002.

Em 1988, entrou no Partido Ecologista (hoje chamado Os Verdes). Foi membro do Legislativo e do Executivo comunal de Genebra e eleito deputado estadual em 2001. É deputado federal desde junho de 2003.

Aqui termina o infobox

Os Verdes

Na Suíça, a primeira seção dos Verdes foi criada em 1971 no cantão de Neuchâtel (oeste da Suíça), para combater um projeto de construção de rodovia. Em 1979, os Verdes elegeram o primeiro deputado federal.

Em 1983, vários grupos se uniram para formar a Federação dos Partidos Ecologistas Suíços.

Nos últimos anos, os Verdes foram eleitos para vários executivos estaduais (cantonais). No plano nacional, são o 5° maior partido suíço. Não são representados no governo federal.

Aqui termina o infobox


Links

×