Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

ONU prolonga mandato de ex-presidente suíço

Ogi na ONU

(Keystone)

O mandato do expresidente da Suíça, Adolf Ogi, foi prolongado por mais um ano como conselheiro especial para o Esporte do Secretário Geral da ONU.

Sob Encomenda
O cargo de "conselheiro especial do Secretário Geral para o esporte a serviço do desenvolvimento e da paz" foi criado especialmente para o ex-presidente da Suíça. Ele foi nomeado no dia 28 de fevereiro de 2001 e, portanto, exercerá suas funções até fevereiro de 2003.

Verba suíça
É importante esclarecer que Adolf Ogi não é remunerado pela a ONU, apesar do cargo ter sido criado especialmente para ele. Sua presença no Palácio das Nações Unidas é financiada pelo Ministério de Relações Exteriores da Suíça, que liberou uma verba de 82 mil euros, metade para viagens, metade para despesas administrativas.

Instrumento de paz
Questionado sobre seu trabalho na ONU, Ogi afirmou que está concluindo a primeira fase do trabalho que consiste em comunicar, persuadir e informar dentro e fora das Nações Unidas, sobre a possibilidade de usar o esporte como instrumento de paz.

Entre seus alvos na campanha ainda estão governos, federações esportivas e a indústria de artigos esportivos.

Ogi parte terça-feira para o Japão, depois particia do Fórum Econômico Mundial (WEF), em Nova York, e assiste em Salt Lake City, também nos Estados Unidos, à abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno no dia 8 de fevereiro.

swissinfo com agências


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×