Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Ovos de Páscoa suíços são bem vendidos

A produção interna ocupa cada vez mais o mercado de ovos de Páscoa na Suíça. Desde a liberalização do mercado, em 1996, a produção aumenta mas os preços caem. A melhor solução é a produção biológica, mais rentável e com maior demanda.

Nas duas maiores redes de supermercados da Suíça (Migros e Coop), as vendas de ovos de Páscoa cresceram de 50 e 25 p/cento, respectivamente, este ano. Geralmente, os ovos são vendidos em embalagens de 4, 6 10 ou 12 unidades. São ovos de galinha, cozidos e pintados de várias ores.

Desde a liberalização do mercado, em 1996, a produção suíça vem aumentando e a porcentagem do mercado para os ovos nacionais passou de 69 p/cento, em 1993, a 75 p/cento, em 1998. A demanda é maior (5,3 p/cento do mercado) pelos produtos de apelação "biológica", que também tem maior margem de lucro porque os produtores se organizaram e conseguiram impor seus preços aos distribuidores, sem intermediários.

Para a produção não biológica, a situação é mais difícil. Em 1992, o produtor recebia 34 centavos por ovo. Um ano antes da liberalização do mercado ainda recebia 29 centavos e agora só recebe 22 centavos. Segundo a Associação dos produtores, eles estão perdendo dinheiro pois o custo de produção seria de 26 centavos atualmente.

Swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.