Navigation

Pacifistas suíços estão na Palestina

Keystone

12 suíços, membros da missão civil internacional pela proteção do povo palestino, estão no campo de refugiados perto de Belém. Outros 15 suíços estão em Ramallah, principal cidade da Cisjordânia.

Este conteúdo foi publicado em 02. abril 2002 - 17:07

Um grupo de 12 suíços está desde segunda-feira, 1° de abril, no campo de refugiados de Daishe, perto de Belém, completamente cercado pelo exército isralense. 14 pacistas franceses e 25 italianos também se encontram em Daishe.

Suíços, franceses e italianos

Nesse campo, sob autoridade palestina desde 1995, vivem 12 mil palestinos. Nicolas Lang, diplomata suíço junto à Autoridade Palestina, acompanha de perto a evolução da situação.

Os 27 suíços e demais europeus estão na Palestina para uma visita de uma semana e manifestar solidariedade aos palestinos.

Um grupo de 12 manifestantes, entre eles o francês José Bové, esteve reunido domingo com o presidente Yasser Arafat, em Ramallah. Posteriormente eles foram detidos e estariam na iminência de ser expulsos por Israel, por terem penetrado em zona militar interditada.

Direito humanitário e intervenção

Os pacifistas europeus pedem que seus governos, baseados na IV Convenção de Genebra sobre o direito humanitário, tomem todas as medidas necessárias para impedir novas agressões contra a população civil. Pedem também o envio de uma força internacional para a região.

swissinfo com agências

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?