Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Parlamento Europeu ratifica acordos com a Suíça

A quase unânimidade dos 500 deputados presentes, o Parlamento Europeu, em Bruxelas, aprovou quinta-feira os acordos bilaterais com a Suíça. É um passo importante que vai influenciar a campanha antes da votação de 21 de maio na Suíça.

O plenário do Parlamento Europeu estava quase repleto na manhã de quinta-feira e aprovou, quase por unanimidade, os acordos bilaterais durante negociados com a Suíça. O ministro da Defesa e atual presidente da Suíça, Adolf Ogi exprimiu sua satisfação declarando que a União Européia demostra que "respeita o caminho europeu da Suíça".

Um dos sete acordos - relativo à livre circulação das pessoas - terá de ser aprovado pelos Parlamentos dos 15 países membros da União Européia, porque o assunto é da competência nacional. Os demais tratam do tráfego aéreo e rodoviário, acesso a mercados públicos, agricultura, cooperação científica e reconhecimento de normas e diplomas. Negociados durante 4 anos, os acordos foram assinados em junho de 1999 e já foram ratificados pelo Parlamento suíço.

Durante o debate dos acordos no Parlamento Europeu, quarta-feira, o comissário europeu Chris Patten aproveitou a oportunidade para julgar "insuficiente" a colaboração da Suíça na luta contra a fraude fiscal e o contrabando de cigarros.

A ratificação dos acordos pelo Parlamento Euopeu é mais um argumento na campanha em curso na Suíça. Dia 21 de maio, os eleitores suíços vão decidir, em referendo popular, se aceitam ou não os acordos com a UE. Se aprovados, eles entram em vigor dia 1° de janeiro de 2001.

swissinfo com agências.


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.