Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Partido verde se une na Europa

Apesar de não fazer parte da União Européia, a Suíça estará representada no novo partido ecológico.

Quatro meses antes das eleições para o Parlamento europeu, ecologistas criam o primeiro Partido Verde da Europa.

Dentre os fundadores, está também o Partido Verde da Suíça.

Os militantes do partido ecológico europeu querem fazer da sua união um argumento na campanha para as eleições ao Parlamento europeu em junho. Eles se apresentarão com um único slogan.

União faz a força

A expansão da União Européia em dez novos países membros, a partir de maio, também pesou na decisão de criar um partido ecologista supra-nacional.

“Os movimentos ecologistas ainda estão fracos nos futuros países membros da UE”, explica Ueli Leuenberger, vice-presidente do Partido Verde Suíço. “Por isso o risco é grande de que eles venham a perder votos nas eleições para o Parlamento europeu”.

Ao se unir, os verdes esperam manter o número de assentos na representação parlamentar européia.

“Nosso maior objetivo é manter uma base de 45 a 50 parlamentares”, explica Daniel Cohn-Bendit, co-presidente do grupo de verdes no Parlamento europeu.

Política comum

No encontro de domingo em Roma, o novo Partido Verde Europeu determinou cinco temas prioritários: proteção ambiental, engajamento social, desenvolvimento da democracia, reforço da política de paz e o engajamento por uma globalização mais justa.

“A Europa econômica já está funcionando. Agora queremos construir a Europa política e ecologista”, ressalta Ueli Leuenberger.

Para os verdes, o essencial é de criar um pensamento europeu. As divergências do passado devem ser esquecidas. “Hoje em dia todos os partidos ecologistas são favoráveis à União Européia”, constata o líder do Partido Verde Suíço.

Essa mudança de posição inclui, sobretudo, os verdes suíços, que durante muitos anos se opuseram à União Européia. Hoje eles defendem abertamente a adesão a UE.

Contribuição suíça

Mesmo estando a Suíça fora da União Européia, a contribuição do Partido Verde Suíço é considerada importante.

“Nosso país tem muito a contribuir nesse sentido, já que os suíços são sensíveis aos temas ecológicos”, afirma Leuenberger.

“Nós sempre tivemos bons contatos com os colegas dos países vizinhos”, lembra o ecologista Giorgio Caninica. “Somos o partido do século XXI”.

swissinfo com agências

Breves

- Militantes ecologistas de toda a Europa estiveram reunidos durante um congresso de três dias, em Roma.

- No domingo (22.02), os líderes de partidos ecologistas da Europa assinaram o documento de criação de um novo Partido Verde Europeu: "The European Green Party".

- Os verdes pretende somar forças para as eleições ao Parlamento europeu entre 12 e 13 de junho.

- A delegação suíça era composta de nove integrantes e dirigida por Ruth Genner, presidente do Partido Verde Suíço.

Aqui termina o infobox


Links

×