Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Passagem de avião no seu computador

Aeroporto de Zurique

(Keystone)

Swissair inova. Em "première européia" a empresa suíça vai lançar o sistema de venda de passagens aéreas pela Internet em alguns países europeus. Para o passageiro é ganho de tempo. Para a empresa é lucro.

Esse "projeto piloto" deve ser concretizado no outono (primavera no hemisfério sul). Segundo anuncia SAirGroup - a que pertence Swissair - será lançado por Atraxis, filial do setor informático do grupo.

O sistema vai permitir aos clientes reservar a passagem aérea e imprimi-la.

Na prática, precisa-se de um computador, uma impressora e uma conexão com a Internet (pelo modem). O cliente paga com cartão de crédito.

Para a empresa aérea é uma economia importante. Cada passagem custa em média para Swissair 14 francos suíços, cerca de 8 dólares. O passageiro também sai ganhando em tempo: não precisa ir à agência nem esperar a passagem pelo correio.

Atualmente apenas cerca de 1 por cento das passagens da Swissair é vendido pela Internet, assinala o jornal suíço Le Matin, de Lausanne.

A empresa inglesa, Easyjet, já realiza 72 por cento das vendas de passagem pela rede mundial de computadores. Mas ela realiza apenas viagem ponto a ponto (a preços que desafiam qualquer concorrência). Para a Swissair a complicação é correspondências de vôos e mudança de empresa aérea na mesma viagem...

Com essa evolução pode-se perguntar se as agências de viagem vão desaparecer. O Le Matin estima que a preocupação não é geral. E cita o exemplo de Hotelplan, grande agência suíça, segundo a qual nada substitui "o contato humano e o serviço de proximidade".

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.