Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Pequenas empresas buscam novo impulso

As mesas-redondas Fórum Econômico Suíço, trocar experiências e aprender.

(Keystone)

As pequenas e médias empresas (PME) estão reunidas no Fórum Econômico Suíço que pretende criar nelas uma nova maneira de pensar.

O FES ocorre em Thun, no Cantão de Berna, e as novas empresas também participam. As melhores serão premiadas com o Swiss Economic Award.

«Breaking the Rules» (quebrar as regras), é o bordão desse 8° Fórum Econômico Suíço (SEF) que ocorre em Thun, perto de Berna, capital suíça.

Mas é claro que 1.200 participantes, a maioria donos ou executivos de pequenas e médias empresas, não são incitados a praticar atividades ilegais...

"Nosso bordão é um apelo por uma maior abertura da economia suíça a novos horizontes", explica Peter Stähli, que fundou o Fórum Econômico Suíço (SEF) em 1999, juntamente com Stefan Linder.

Importância crucial

Peter Stähli está convencido que, sendo mais inovadoras, as empresas suíças podem enfrentar a concorrência.

No Fórum Econômico Suíço, as PME poderão encontrar novos impulsos, contados e uma formação contínua específica e bem-pensada, com personalidades convidadas, apresentação exemplar das PME, seminários e debates.

As PME são de uma importância crucial para a economia suíça: 99,7% das 307 mil empresas suíças entram nessa categoria. Elas empregam 66,8% da população ativa. É considera PME aquela que emprega 250 pessoas, no máximo.

Contato direto

Os participantes poderão também colocar suas dúvidas e obter conselhos junto aos especialistas convidados para as mesas-redondas.

Essa organização permitiu aos dois fundadores do SEF ter a cada ano um número maior de participantes. Para a edição atual, os 1.200 convites foram vendidos em uma hora, segundo Peter Stähli.

Uma motivação

As novas empresas também são convidadas para o Fórum. "Elas devem lutar em todas as frentes para obter financiamento, encontrar un nico de mercado ou conseguir clientela", afirma Peter Stähali.

O Swiss Economic Award é atribuído às mais inovadoras. Esse prêmio é considerado um estímulo às recém-chegadas ao mercado para que continuem a persistir nos momentos difíceis.

A região ganha

Antes do SEF havia um Fórum das Novas Empresas organizado pela Câmara de Comércio de Thun. Hoje o SEF impôs-se como o mais importante gerando recursos para a economia local e regional.

"Além dos recursos diretos de 1 milhão de francos suíços para os hotéis e restaurantes, há ainda o potencial para o turismo e o turismo de negocios", afirma Sähli.

No entanto, os fundadores acham que chegaram o limite do número de partipantes do SEF, para continuar privilegiando a qualidade.

swissinfo, Renat Künzi

Breves

- As pequenas e médias empregas constituem a coluna vertebral da economia suíça.

- São consideradas PME, as empresas que empregam no máximo 250 pessoas.

- 99,7% das 307 mil empresas suíças entram nessa categoria. Elas empregam 66,8% da população ativa.

- Quase 90% das PME empregam menos de dez pessoas.

- Segundo um estudo publicado em 2004, 90% das empresas foram criadas por famílias.

- Em 1998, o Ministério da Economia criou uma "task force" para apoiar as PME.

- Ela coordena as informações da Confederação para as PME.

Aqui termina o infobox

Fatos

O Fórum Econômico Suíço (SEF) foi criado em 1999 por Peter Stähli e Stefan Linder.
Segundo os organizadores, hoje é o mais importante encontro para as empresas inovadoras.
Este ano, os 1.200 lugares disponíveis foram vendidos em uma hora.
O SEF tem 6 funcionários a tempo integral, 12 responsáveis de setor e 400 voluntários.

Aqui termina o infobox


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.