Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Roger Federer passa às oitavas-de-final de Wimbledon

Federer durante a partida contra Kohlschreiber.

(Keystone)

O tenista suíço, que pretende voltar a ser o número 1 no ranking da ATP, derrotou o alemão Philipp Kohlschreiber por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/2, 6/7 (5/7) e 6/1.

Nas oitavas-de-final, na próxima segunda-feira, ele enfrentará o sueco Robin Söderling, que foi seu adversário na histórica vitória no aberto de Roland Garros, no começo deste mês.

Depois do "passeio" pela quadra central nos dois primeiros jogos, Federer enfrentou nesta sexta-feira (26/6) o alemão Philipp Kohlschreiber, 32° colocado no ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) e 27° no ranking de entradas.

Os dois primeiros sets foram tranquilos para o número 2 do ranking da ATP. Federer dominou as ações desde o início, mostrou muita agilidade e conseguiu quebras logo nos primeiros games de cada set.

No terceiro set, porém, pareceu se acomodar um pouco, apresentou uma fase fraca e caiu em desvantagem no placar. Recuperou-se ao virar o marcador de 1 a 4 para 5 a 4 games, mas no final Kohlschreiber - que mora em der in Altstätten, no cantão de St-Gallen - venceu o tie-break e seu primeiro set contra o suíço.

"Melhor partida no torneio"

No quarto set, Federer, pentacampeão em Wimbledon, voltou a mostrar seu tênis de alto nível e confirmou seu favoritismo na quadra de grama. "Foi minha melhor partida até aqui no torneio, apesar de ter perdido um set", disse à BBC.

Cotado como favorito ao título, nas duas primeiras rodadas do torneio de Wimbledon, o tenista nascido em Basileia derrotou o chinês de Taiwan Yen-Hsun Lu por 3 sets a 0 (parciais de 7/5, 6/3 e 6/2) e o espanhol Guillermo Garcia Lopez pelo mesmo placar, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/4.

Nas oitavas-de-final, o sueco Robin Söderling (25° no ranking da ATP) terá uma chance para se vingar da derrota que sofreu para Federer na final de Roland Garros por 3 sets a 0, parciais de 6/1, 7/6 e 6/4.

O retrospecto é favorável ao suíço, que já enfrentou o sueco por dez vezes e ganhou todas, cedendo-lhe apenas um set até o momento. Na grama, Federer eliminou Söderling na estreia do torneio de Halle (Alemanha) em 2005, e na segunda rodada do Grand Slam britânico na temporada passada.

O escandinavo, porém, atravessa a melhor fase de sua carreira, eliminou o espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo, em Paris, e ocupa atualmente a 12ª posição do ranking de entradas.

Para chegar às oitavas-de-final de Wimbledon e reeditar a final de Paris contra Federer, Söderling superou o espanhol Nicolas Almagro por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7), 6/4 e 6/4.

swissinfo.ch com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque