Navigation

Um pouco de férias ... e muito trabalho

Ministro da Defesa e dos Esportes, Uli Maurer, dá autógrafos em Trogen (Appenzell Rhodes Exteriores) Keystone

Ninguém é de ferro. Também os membros do governo suíço aproveitam o verão para tirar alguns dias de folga, mas o trabalho deles continua e o país não para.

Este conteúdo foi publicado em 04. julho 2009 - 17:52

Alguns dos sete ministros que compõem o Conselho Federal (Executivo) combinam lazer com compromissos oficiais e um deles renuncia completamente às férias.

Uma avalanche de veículos vai atravessar a Suíça neste fim de semana. São os veranistas do centro e do norte da Europa a caminho das praias do sul e do Mediterrâneo.

Também na Suíça começam as férias de verão europeu. O Parlamento do país encerrou sua segunda sessão do ano esta semana e o governo entra numa espécie de "recesso".

É a época em que se vê os ministros em roupa esportiva, distribuindo autógrafos em viagens pelo país, em busca de proximidade com o povo (veja galeria de fotos na coluna à direita).

Segundo o Ministério das Finanças, o atual presidente do país, Hans-Rudolf Merz, terá de interromper as férias em sua cidade natal Herisau (Argóvia) para transmitir uma mensagem ao país, em 1° de agosto (feriado nacional), e para uma sessão do Senado nos dias 10 e 11 do mesmo mês.

A ministra da Economia, Doris Leuthard, fará duas viagens oficiais: de 6 a 11 de julho aos EUA, e de 12 a 15 de julho à Colômbia. Durante o resto do verão provavelmente permanecerá na Suíça, informou sua porta-voz, Evelyn Kobelt, à agência de notícias SDA.

Maratona de 1° de agosto

Ueli Maurer, ministro da Defesa, Proteção Civil e dos Esportes, renunciará às férias, segundo disse seu porta-voz Jean-Blaise Defago. Só em 1° de agosto, Dia da Suíça, ele terá seis compromissos oficiais em três estados (Schwyz, Argóvia e Zurique).

Mais tranquilas serão as férias do ministro dos Transportes, do Meio Ambiente e das Comunicações, Moritz Leuenberger, o veterano entre os sete conselheiros federais. Ele pretende relaxar em casa, disse seu porta-voz Daniel Bach.

Eveline Widmer-Schlumpf, ministra da Justiça, passará suas férias "em vários lugares", informou o ministério.

Pascal Couchepin, combinará trabalho com lazer. Pela última vez, o ministro do Interior, da Saúde e da Cultura representará o governo suíço no Festival de Cinema de Locarno (sul). No restante das férias ele estará na Suíça e na França.

A ministra das Relações Exteriores, Micheline Calmy-Rey, fará uma semana de férias, mas ainda não decidiu onde, segundo sua porta-voz, Nadine Olivieri. Todos os sete ministros normalmente fazem discursos em alguma cidade suíça em 1° de agosto.

Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch (com agências)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?