Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Votações federais Suspense sobre a iniciativa anti-imigração



O tema da imigração divide os eleitores suíços

O tema da imigração divide os eleitores suíços

(Keystone)

Os eleitores suíços votaram hoje um tema que pode sacudir as relações com Bruxelas: as apurações da iniciativa popular contra a imigraçãoem massa indicam um resultado muito apertado, provavelmente aprovando a iniciativa. Por outro lado, os eleitores aprovaram a continuidade do reembolso do aborto pelo seguro de saúde e também a criação de um fundo para as ferrovias.

Os resultados  ainda são parciais, mas as projeções indicam que 62% dos eleitores aceitaram o financiamento e a ampliação da malha ferroviária.

Por outro lado, as mesmas projeções indicam que 70% dos eleitores rejeitaram uma iniciativa prevendo que as mulheres deveriam  financiar elas próprias o aborto. Portanto, mantém-se a situação atual em que o seguro básico de saúde reembolsa o aborto.

Resultado muito apertado

Ao contrario, o resultado da iniciativa contra a imigração em massa será muito apertado. Será portanto necessário aguardar o fim das apurações, mesmo se a aprovação da iniciativa parece se impor. Por enquanto, as sondagens dão 50% de votos a favor e 50% contra.

Cabe lembrar que as iniciativas populares na Suíça requerem dupla maioria, do povo e dos cantões. A participação foi em torno de 56%.

Repercusiones

La iniciativa contra la inmigración masiva que propone la Unión Democrática del Centro (UDC, derecha conservadora) pide que se impongan cuotas y contingentes anuales para limitar la llegada de nuevos inmigrantes de la Unión Europea (UE). El texto precisa que tales limitaciones deben fijarse en función de los intereses económicos de Suiza e incluir a los trabajadores fronterizos.

De ser aprobada, Suiza tendría que fijar en el plazo de tres años un tope para los permisos de estancia y contingentes anuales para todos los extranjeros.

En el mercado laboral tendrían preferencia los suizos y habría que renegociar los tratados internacionales que van en contra de estas normas, como el acuerdo de libre circulación de personas con la Unión Europea (UE).

swissinfo.ch


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque