Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Prêmio em Locarno foi vaiado

Maurizio Sciarra com o Leopardo de ouro

(Keystone)

O leopardo de ouro do Festival Internacional do Filme de Locarno, sul, foi atribuído à comédia "Alla Rivoluzione sulla due Cavalli" - alusão a Revolução dos Cravos - de Maurizio Sciarra. A recompensa foi criticada por 2 membros do júri e vaiado pela crítica. "Bicho de 7 Cabeças" (Brasil) recebeu apenas o 2° prêmio do Júri dos Jovens.

Dezenove longas-metragens de 11 países participaram desse 54° Festival de Locarno, encerrado no domingo, 12/8. "Alla Rivoluzione sulla due Cavalli" (na revolução em 2 cavalos - o mítico carro Citroën 2 Chevaux) foi contemplado com a recompensa máxima, um leopardo de ouro e 40 mil francos - cerca de US$ 24 mil.

A prata e bronze

O Leopardo de prata "Novo cinema" (20 mil francos) foi atribuído a "Love the hard way" (algo como "amor pelo lado difícil"), de Peter Sehr, Alemanha-Estados Unidos. E o Leopardo de para "Jovem Cinema" (20 mil francos) a "L'Afrance", de Alain Gomis, França.

Prêmios de interpretação

O Leopardo de bronze para o melhor ator, sem recompensa monetária, ficou com Andoni Garcia, intérprete do filme vencedor. E a coreana Kim Ho Hung recebeu o Leopardo de bronze destinado à melhor atriz pela sua interpretação em "Nabi - the Butterfly (Nabi, a borboleta), Coréia do Sul.

Filme favorito fica com o prêmio especial do júri

O filme do cineasta italiano Maurizio Sciarra, 46 anos, conta a viagem de carro efetuada por 3 jovens - um italiano, um português e uma francesa. A comédia, de apelo popular, passa-se em 1975, num Portugal ainda impregnado pela Revolução dos Cravos (que pôs fim a 48 anos de ditadura fascista) tem por quadro Portugal e Itália.

Se agrada ao público, dividiu o júri, com 2 dos 8 membros criticando publicamente a escolha. Uma première.

A crítica também não gostou por estimar o conteúdo pouco profundo. O filme favorito, tanto dos especialistas como do público era o iraniano "Delbaran", de Abofazl Jalili, que recebeu o prêmio especial do júri. Ele conta a história de um adolescente afegão de 14 anos, recolhido por um casal iraniano.

Filme brasileiro agrada a jurados jovens

« Bicho de Sete Cabeças » , a primeira realização de Laís Bodansky, apresentado em « première » internacional, disputando o Leopardo de ouro, recebeu apenas um segundo prêmio do Júri dos Jovens, e uma recompensa de 4 mil francos. O filme que se baseia no livro "Canto dos Malditos", de Austregésilo Carrano, denuncia as condições de internamento de doentes mentais e dependentes de drogas.

Outros prêmios, cfr site do festival, abaixo.

O festival de Locarno - o mais antigo da Europa e um dos 5 maiores do mundo - tem como uma das características especiais, projeções ao livre na Piazza Grande, centro da cidade, num telão de 26 x 14 m.

O festival durou 10 dias.

swissinfo com agências.


Links

×