Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Produtores de leite continuam preocupados

Um ano depois da abertura do mercado, os produtores suíços continuam insatisfeitos. O volume de vendas aumentou mas os preços caem e os produtores pedem mais garantias ao governo federal.

A insatisfação dos produtores foi expressa claramente através da Federação dos Produtores Suíços de Leite (PSL) reunida em Berna. Apesar do aumento do volume de vendas, os produtores acham que a situação deles piorou, depois da abertura do mercado, um ano atrás.

Eles afirmam terem se adpatado melhor à demanda, aumentanto a produção de produtos frescos e biológicos mas que o preço do leite (77 centavos por litro) continua muito baixo. No entanto, a própria PSL calcula que a tendência é a aproximação do preço médio na União Européia, que é de 48 centavos por litro.

Sabendo que o preço do leite vai cair ainda mais, os produtores reivindicam que o governo aplique a política agrícola 2002 de maneira que a produção de derivados compense a baixa do leite. Eles afirmam que isso é necessário para manter a qualidade e a autenticidade dos produtos dos alpes suíços, conhecidos dos europeus.

Para manter a qualidade, afirmam os produtores, as vacas têm de ser alimentadas com produtos naturais, mais caros que os transgênicos. Eles acreditam, portanto, na possibilidade de exportar para a União Européia, mas somente se a qualidade for mantida. Os produtores, em sua assembléia, aprovaram o apoio aos acordos bilaterias com a UE, que serão votados dia 21 de maio em referendo popular na Suíça.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.