Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Projeto ferroviário custa menos que previsto

(swissinfo.ch)

A primeira fase do Ferrovia 2000 - projeto de expansão e modernização - da malha ferroviária vai economizar cerca de 1,5 bilhões e estará pronto no final de 2004, 6 meses antes do prazo previsto. Os cálculos são da direção da Ferrovia Federal (CFF).

Os muitos usuários do trem na Suíça tiveram duas boas notícias na quinta-feira, 02.8. Com custos previstos de 5,9 bilhões de francos suíços(US 3,5 bilhões), a primeira fase do projeto Ferrovia 2000 vai custar aproximadamente 3,4 bilhões de francos e será concluído em dezembro de 2004, 6 meses antes do prazo previsto.

Adaptação aos horários europeus

As economias foram possíveis devido contratos mais favoráveis com as construtoras, explicou a direção da Ferrovia Federal (CFF), quinta-feira, 02.8. Essas obras eram necessárias para poder adptar os horários dos trens suíços aos das companhias européias.

Duas das quatro maiores construções da primeira fase do Ferrovia 2000 já estão funcionando: o túnel e novo tronco em Vauderens, estado de Fribourg, e o novo tronco entre Onnens e St-Aubin, na margem norte do lago de Neuchâtel.

Está em construção um novo tronco de 45,1 km e 9 túneis, entre os estados de Berna e Argóvia. 560 operários trabalham nessa obra. Quando concluída, os trens entre Berna e Zurique poderão atingir 200 kms por hora.

O trajeto entre Berna e Zurique passará dos 69 minutos atuais para 57 minutos. O tempo de viagem entre Berna e Basiléia e Berna e Lucerna também será reduzido com essa obra.

Segunda fase vai até 2020

Para a conclusão da primeira fase, falta também uma grande obra na estação de Zurique, maior cidade do país. No total, a primeira fase vai acrescentar 160 kms de tronco e 37 kms de túneis à malha suíça, uma das mais densas do mundo.

O ferrovia 2000 terá ainda a segunda fase. As prioridades estão em fase discussão. O governo pretende concluir o projeto e encaminhá-lo ao Parlamento até o final do ano que vem.

As construções deverão ser iniciadas em 2004 ou 2005, com conclusão prevista para 2020. As previsões iniciais de custos estão entre 7 e 30 bilhões de dólares.

swissinfo com agências


Links

×