Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

PS (Partido Socialista Suíço)

PS (Partido Socialista Suíço)

(swissinfo.ch)

“Para o PS existem três valores principais: a justiça social, a solidariedade e a qualidade de vida. Para concretizá-los são necessárias muitas reformas, seja nos seguros sociais, seja na política fiscal. É preciso defender a solidariedade entre ricos e pobres, entre jovens e idosos. A qualidade de vida equivale para nós a um desenvolvimento sustentável, em ambiente sadio e com direitos iguais para todos”.

Christine Goll, vice-presidente do PS

Na Suíça, os socialistas foram os primeiros a criar, em 1888, um partido político, no sentido moderno do termo. Nos anos seguintes, o partido seguiu uma linha política em nítida oposição ao establishment radical. Essa fase atingiu seu ponto culminante com a greve general em 1918.

Nas eleições de 1919 – as primeiras que aplicaram o sistema proporcional – o PS obteve 41 cadeiras na Câmara dos Deputados. Em 1943 tornou-se a maior força política do país, conseguindo um vaga no governo. Em 1959, obteve uma segunda vaga, com a introdução da “formula mágica”. Depois de uma baixa nos anos 80, o partido tornou-se em 1995 a maior força política suíça. Desde as eleições de 1999, o PS e a UDC lutam pela primazia. Os socialistas ocupam 51 cadeiras na Câmara e 6 no Senado e têm dois ministros no governo.

Christine Goll sobre alguns temas do debate político na Suíça:

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

×