Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Rabobank entra no capital do Sarasin

Sede do Sarasin em Basiléia

(Keystone Archive)

O banco holandês Rabobank compra 28% do Banco Sarasin, sediado em Basiléia, com opção de aquisição total. Assim Sarasin - especializado em gerenciamento de fortunas, principalmente de fundos de pensão - registra forte aumento do montante administrado.

Com a decisão, Rabobank transfere seu setor de gerenciamento de fortunas ao Sarasin, especializado no ramo. Isso implica duplicação dos ativos em gestão para clientes privados que passam a 36 bilhões de francos - cerca de € 34 bi. A fortuna administrada totaliza 56 bilhões (€ 52 bi), até porque a maior parte da fortuna que o Banco gerencia vem de fundos de pensão.

Opção de compra por 7 sete anos

A aliança com o Rabobank, qualificada de "estratégica", prevê que o grupo holandês disponha de opção de compra, válida por 7 anos - com preço estabelecido de antemão - sobre 100% de Eichbaum-Holding, sociedade a que pertence o Banco Sarasin.

Eichbaum-Holding controla 62.5% dos votos e 25% do capital de Sarasin. A chegada de Rabobank acontece no âmbito de aumento do capital, com emissões nominativas B, excluindo direitos preferenciais de ex-acionistas. (Rabobank fica com todas e as paga com a transferência de sua carteira de fortunas).

Ano passado, o lucro bruto do Banco Sarasin foi de 109.4 milhões de francos (€ 73.7 mio), uma queda de 44.7%. O lucro líquido foi de 70 milhões ( € 47.3 mio), baixa de 47%.

swissinfo com agências.


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×