Navigation

Reféns no consulado da Espanha em Berna

Unidades especializadas da polícia cercam o edifício do consulado espanhol. RTS

Um desconhecido invadiu o consulado da espanha na capital Berna esta manhã, retendo uma ou várias pessoas como reféns.

Este conteúdo foi publicado em 07. fevereiro 2005 - 11:44

A polícia ainda não confirmou a notícia mas cercou o bairro em que se encontra o consulado espanhol e montou uma célula de crise.

A polícia da capital Berna foi informada da invasão do consulado espanhol um pouco depois das 8 hs da manhã desta segunda-feira.

Segundo a agência de notícias Reuters, um responsável da embaixada da Espanha em Berna, citado pela Rádio Nacional da Espanha, confirmou que um homem retinha uma ou duas pessoas como reféns no consulado.

O mesmo diplomata precisou que tinha penetrado no consulado por volta das 8 hs e alguém poderia ter sido ferido.

Anteriormente, as agências de notíticas afirmaram que vários desconhecidos teriam feito vários reféns no consulado espanhol, em Berna.

A polícia não confirmou as notícias, afirmando apenas que tinha cercado o bairro de Kirchenfeld, onde fica o edifício do consulado espanhol.

Por outro lado, a Secretaria Federal de Polícia (fedpol.ch) montou uma célula de crise especializada nesses casos, informou um porta-voz.

Continuaremos informando.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?