Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Refugiados afluem à Suíça e a outros países ricos

Os Bálcãs fornecem grande número de refugiados

(Keystone Archive)

No primeiro semestre o número de requerentes de asilo subiu 4 por cento na Europa, chegando a quase 200 mil, informa o Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR). Alemanha e Reino Unidos são os países mais procurados por iraquianos, turcos, iugoslavos...Também na Suíça o aumento de demanda tem sido maior.

Segundo o ACNUR, de janeiro a fim de junho, 196.400 pessoas solicitaram asilo em países na Europa, uma alta de 4% em relação ao ano 2000. Os países que mais atraíram refugiados foram Alemanha e Grã-Bretanha, com uma média aproximada de 40 mil. A França, mais de 22 mil.

Os requerentes de asilo na Europa, de modo geral, são na maioria afegães (quase 25 mil), iraquianos (cerca de 21 mil), turcos (14 mil), iuguslavos (12 mil).

Muitos os que chegam, poucos os escolhidos

Na Suíça, só no mês de julho, foram registradas 2.000 pedidos de asilo. A maior parte são iugoslavos e turcos. Tendo em conta unicamente esse mês, o aumento foi de 50%.

Mas a percentagem dos que recebem asilo é ínfima, em particular se as condições de vida no país de origem não forem insuportáveis.

swissinfo com agências.


Links

×