Reino Unido põe Suíça em lista de quarentena

A Suíça foi acrescentada à lista de quarentena por causa do número crescente de casos no país. Keystone / Andy Rain

A Suíça foi acrescentada na quinta-feira à crescente lista de países dos quais os viajantes que chegam ao Reino Unido precisarão ficar em quarentena.

Este conteúdo foi publicado em 28. agosto 2020 - 06:15
swissinfo.ch/fh

A quarentena de 14 dias se aplica a partir de sábado, 29 de agosto, às 3h GMT (5h da manhã, horário da Suíça). O ministro britânico dos transportes Grant Shapps anunciou a notícia na quinta-feira, indicando que a medida era necessária para retardar a propagação do vírus.

"Os dados mostram que precisamos remover a República Tcheca, Jamaica e Suíça de nossa lista de 'Corredores de Viagem Coronavírus' para manter as taxas de infecção baixas", disse Shapps em uma declaração. A regra se aplica aos residentes e visitantes do Reino Unido.

As pessoas que chegam de Cuba, no entanto, não precisariam mais ficar em quarentena, acrescentou.

Em junho, Londres impôs uma quarentena a todos os viajantes que chegassem ao Reino Unido, antes de finalmente optar por isentar aqueles de certos países em julho, dependendo da taxa de infecção pelo coronavírus. Em julho, o governo britânico retirou a Espanha de sua lista de corredores de viagem, pegando alguns viajantes de férias de surpresa.

A Suíça viu o número de casos positivos aumentar um pouco nas últimas semanas. Houve 361 novos casos positivos nas últimas 24 horas, elevando a média de sete dias para mais de 266.

Na quinta-feira, a Bélgica acrescentou mais três cantões suíços à sua lista de alerta de coronavírus, que inclui Zurique, Genebra e a Cidade da Basileia.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo