Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Retrospectiva Giacometti foi sucesso em Nova York

"O homem que anda", famosa escultura filiforme - 2001 ProLitteris

(swissinfo.ch)

Homenagem ao escritor Alberto Giacometti, considerado um dos escultores mais importantes do século XX, teve sucesso "fenomenal" no Museu de Arte Moderna de Nova York.

Essa exposição no MoMa - Museu de Arte Moderna de Nova York - foi a segunda que o museu nova-iorquino dedicou ao escultor, de quem se comemorou em outubro o centenário do nascimento. A primeira ocorreu em 1966.

Interesse

Na mostra, realizada de 10 de outubro a 8 de janeiro, foram apresentadas 200 peças - esculturas, pinturas e desenhos - que resumiram a obra de um dos maiores artistas plásticos do século XX.

Segundo Richard Turnbull, conferencista do MoMa, o interesse do público foi "fenomenal", a julgar pelo número de pessoas que visitaram a exposição.

Organizada cronologicamente, a mostra traçou o itinerário de Alberto Giacometti, desde suas primeiras obras em sua aldeia natal, Stampa, leste suíço, e sua produção em Paris, onde se impregnou de novas tendências artísticas, como o Surrealismo com que rompe para retornar à arte figurativa.

O escultor descobriu novas perspectivas à representação plástica do homem. E suas enigmáticas figuras de bronze, delgadas, frias e desencarnadas (como "o homem que anda" que ilustra este texto), podem configurar a solidão do homem do século passado.

Swissinfo


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×