Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

SAN DIEGO, EUA (Reuters) - Equipes de resgate vasculhavam as águas na costa da Califórnia nesta sexta-feira em busca de nove pessoas desaparecidas depois de um acidente em pleno ar entre um avião da guarda costeira e um helicóptero militar, disseram as autoridades.
A guarda costeira ainda espera encontrar sobreviventes, mas o porta-voz do Pentágono, Bryan Whitman, disse em Washington que o acidente "provavelmente custou a vida de nove pessoas".
A colisão aconteceu na noite de quinta-feira na região de San Clemente Island, uma ilha de propriedade da Marinha dos EUA a cerca de 109 quilômetros a oeste de San Diego, disseram a guarda costeira e os marines.
Sete tripulantes estavam no avião C-130 da guarda costeira e dois estavam a bordo do helicóptero AH-1 Cobra dos marines. O Cobra estava em missão de treinamento, voando em formação com outros três helicópteros; o C-130 procurava alguém desaparecido em um barco particular.
"Nosso pessoal é altamente treinado em técnicas de sobrevivência. Eles são capazes de sobreviver a coisas que vocês ficariam surpresos", disse o almirante da guarda costeira Joseph Castillo em uma coletiva de imprensa.
"Por isso continuamos a busca com esperança de acharmos sobreviventes".
As autoridades militares dizem que uma pessoa pode sobreviver até 20 horas na água.
(Reportagem de Steve Gorman)

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters