Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Reuters) - Um agente humanitário norte-americano infectado com o Ebola na África Ocidental será levado de volta aos Estados Unidos e receberá tratamento em uma ala especial de alta segurança do hospital da Universidade Emory, em Atlanta, disseram autoridades hospitalares nesta quinta-feira.

O norte-americano, que foi infectado enquanto trabalhava para conter o surto de Ebola na África Ocidental, será transferido nos próximos dias para uma unidade especial de isolamento montada em colaboração com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

A unidade é apenas uma das quatro disponíveis nos EUA. O hospital não revelou o nome do paciente.

Mais cedo nesta quinta-feira, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse em declaração à imprensa que o Departamento de Estado estava trabalhando com o centro de controle para facilitar as opções de transferência de agentes humanitários que contraíram o Ebola na África, embora não tenha citado as pessoas pelo nome.

(Reportagem de Michele Gershberg)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters