Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policial alemão durante operação em Munique. 17/02/2017 REUTERS/Michael Dalder

(reuters_tickers)

BERLIM (Reuters) - A polícia da Alemanha prendeu um alemão que admitiu planejar atrair policiais e soldados para uma armadilha e matá-los com uma bomba caseira, disseram procuradores e a polícia nesta quinta-feira.

Procuradores disseram que produtos químicos que poderiam ser usados para produção de artefatos explosivos foram encontrados durante uma busca em sua casa, na cidade de Northeim, no centro da Alemanha.

Investigadores acreditam que o homem de 26 anos seja membro de um grupo de salafistas, islâmicos ultraconservadores. Em comunicado, procuradores e a polícia chamaram a prisão de "um grande sucesso na luta contra terrorismo".

Autoridades alemãs estão em alerta após um tunisiano que teve pedido de asilo negado jogar um caminhão contra um mercado natalino em Berlim em 19 de dezembro, matando 12 pessoas.

A polícia realizou neste mês uma série de operações em propriedades na cidade universitária de Goettingen, que não fica longe de Northeim, e prendeu dois homens suspeitos de planejarem um ataque iminente.

(Reportagem de Michelle Martin e Madeline Chambers)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters